EU'S

Posted by : DANIEL MORAES | 05 janeiro, 2009 | Published in

“Viver, e não ter a vergonha de ser feliz. Cantar, a beleza de ser um eterno aprendiz. Eu sei, que a vida devia ser bem melhor, e será! Mas isso não impede que eu repita, é bonita, é bonita e é bonita” – Gonzaguinha.

Quem sou eu?

Essa é a pergunta primordial de qualquer homo sapiens. Já bem disse o filósofo Grego, “conheça a ti mesmo!”. Mas quem somos? Acredito que não exista o “eu”, mas sim, “eu’s”. Como assim? Explico!

Começamos a “ser” a partir da visão do outro e a forma como nos tratam. Sempre acreditei que o apelido dado a nós define a forma que nos vêem. Se for pejorativo, está implícita ali a falta total de respeito por nós. Por exemplo, em época que era “o patinho feio da turma” e me importava com que os outros diziam de mim, era o “madruga”, “tripa escorrida”, “viadinho”, “pau de virar tripa”, “ET”... Esses aí são os apelidos que lembro, pois foram vários...

Foi nesse tempo que aprendi o quanto o Ser Humano é patético em classificar aqueles que “não se enquadram” e o quanto é besteira tentarmos “nos encaixar”, sendo que muitas vezes, baixamos a cabeça para “sermos aceitos em um grupo”. O que a vida me ensinou nesses já 26 anos de vida, é que o melhor amigo da gente é o nosso umbigo, e que nos devemos enquadrar em grupos que nos aceitam como somos! Quem não nos aceita como somos é tudo menos amigo.

Há os apelidos carinhosos que exemplificam de uma forma bacana o quanto somos queridos. Por exemplo, para meus “amigos irmãos” tenho várias definições. Para o Franco sou o Danielzinho (apesar dos meus 1.87 de altura); já o Andrei meu chama de irmão, Danilo de “putinha”, Felipe (Picolezeiro) de “figura”; amigas queridas como a Adenice, Júlia, Fernanda e alguns familiares sou Dan; na blogoesfera, Mirian me chama de menino, Letícia de irmão, assim como o Júlio; já pra Carol sou o sócio blogal... Pra minha mãe sou filho, filhote, filhinho, Dan ou quando com raiva, filho da puta!

Já os que não gostam de mim, tenho várias alcunhas. Boçal, prepotente, filho da puta, chato, metido, gabola, idiota...

Também é interessante notar como as pessoas que passam em nossas vidas nos definem. Para a Kelly, que além de me ensinar a transar me fez ter alto estima, fui o “meu garoto”; Adenice, meu primeiro grande amor (platônico) fui (e sou) o melhor amigo; Keila via-me como um homem/menino, por causa do meu jeito moleque no dia-a-dia. Fui o homem da vida da Patricinha (uma prostituta que namorei – aliás, ela foi o relacionamento menos complicado e mola mestra da idéia de escrever o Confissões de Um Solitário), o “Oh, cara gostoso” da Claudia, moleque irresponsável que me dá dor de cabeça pra Ana Carolina (o relacionamento mais curto) e amor, Chuchu ou simplesmente Chu para a Cíntia (atual).

Como vêem, sou muitos! (...)

Alguém deverá perguntar: – E para você, quem tu és? Bem... Não sei quem sou! E sabem de uma coisa? Que bom que eu ainda não sou! “Ser alguém” é estar terminado, um projeto já executado, finalizado. Sou um Ser em constante desconstrução! Cada dia é um aprendizado; aprendo seja com familiares, amigos, inimigo, namorada, enfim, a vida é uma constante aula, e quero estar sempre em constante evolução, nunca achando que está bom.

Quero ser vários em um! Pois assim serei uno! Uma “metamorfose ambulante”, desconstruindo-me dia-a-dia. Ademais, para efeito de simples apresentação e estatística, se é que alguém queira qualquer tipo de definição de mim por mim mesmo, direi que sou Daniel Moraes, nascido e morando em Boa Vista, Capital do Estado de Roraima, capricorniano, solitário, feio, pobre, comunista, flamenguista e nesse dia 06/01/2009, com 26 anos de uma vida, graças a meu Bom Deus, e na medida do possível e apesar dos pesares, bem vivida.

EXTRA:

Tem BB. King no Blues na Veia com seu novo álbum Live, com direito a Dowland e tudo.

(9) Comments

  1. A Itinerante - Neiva said...

    Daniel,

    Parabéns neste dia. Que os próximos anos sejam tão bem vividos ou melhores ainda.

    De outra capricorniana. :D

    Aliás sua filosofia de botequim está divina. Gostaria de comentar mais, mas é o tipo de assunto que se começar não pára. rsrsrs

    Beijos

    Neiva

    6 de janeiro de 2009 01:31
  2. maa.rcela said...

    Eu acho que quanto antes a gente parar de se preocupar excessivamente com o que os outros pensam da gente e com essa vontade de tentar nos definir, menos a gente sofre.
    Nunca se sabe o que pode acontecer que vai mudar nossa vida, e muito menos sabem 'os outros'..
    gostei do post, e meu apelido pra ti vai ser igual ao da Miriam, menino, pqe , nao sei, parece que se encaixa (?)
    baaci, menino!

    6 de janeiro de 2009 09:55
  3. Leticia said...

    Maninho,

    que alegria te ler de novo!
    E volto logo no seu dia , que sorte...

    Você que te gosto demais , o quanto torço e desejo o melhor de tudo para vc.

    Com certeza o primeiro post de 2009será dedicado a ti.
    Te adoro de montão!
    Bjks.

    6 de janeiro de 2009 14:38
  4. Val é arte na veia said...

    Grande Dani!!! Isto aeee rapaz. Você é um grande homem e uma pessoa maravilhosa. Que Deus te abençoe e de a vc tudo de bom.
    Com certeza quando não é importante ou fundamental aquela necessidade (desnecessária) de querer se enquadrar em uma determinada tribo. Somos muito mais felizes. Não sabemos quem somos por completo, a vida é uma caixinha de surpresas e somos uma eterna metamorfose ambulante. Descobrindo, redescobrindo, crescendo com os acontecimentos e amadurecendo as idéias e conceitos.
    Parabéns brother. Muita paz e amor...Dinheiro no bolso, saúde pra dar e vender...Hehehe (:

    6 de janeiro de 2009 16:55
  5. Lê... said...

    Olá,Parabéns...ainda dá tempo?rs

    Ser,estado complicado de se definir,e alias muito definitivo...prefiro 'estar',a ser.!rs

    beijão.saúde.

    6 de janeiro de 2009 22:22
  6. Camilla K. Boyle said...

    Daniel, desculpe mas ontem não deu para vir na net, mas ainda assim te desejo um Feliz Aniversário, com tudo de bom e muitas felicidades =)

    Além de um exímio comunista você é um brilhante filósofo =)

    Beijinhos e uma vez mais Parabéns

    7 de janeiro de 2009 16:40
  7. Flávia said...

    Eu sou à guisa de classificação ;)

    Beijo!

    8 de janeiro de 2009 00:38
  8. Valéria de Oliveira said...

    Dani, tem post novo lá no Blues e no Arroto também...

    Beijooo

    9 de janeiro de 2009 01:21
  9. 林宥嘉yoga said... 6 de janeiro de 2010 07:48