A Internacionalização da Amazônia - Uma Realidade

Posted by : DANIEL MORAES | 26 maio, 2008 | Published in

Enfim a realidade se fez visível. Após o anuncio da saída de Marina Silva da pasta do Meio Ambiente, o polêmico debate sobre de quem a Amazônia tomou corpo. Os grandes jornais dos Estados Unidos botaram em xeque se a Amazônia realmente pode ser patrimônio de um só país.

Foi com grande expectativa que o povo de Roraima esperou a exibição da entrevista do Governador Anchieta Júnior no Canal Livre, da TV Bandeirantes. Aliás, essa Rede de Televisão está de parabéns! Primeiro, por seus jornalistas que estão realmente informados do acontece aqui, principalmente o Fábio Panuzzio. Ele falou com tanta propriedade sobre o assunto, que parecia que o mesmo tinha nascido aqui. Segundo, por ter “comprado a briga” e ter a seriedade de informar o que de fato acontece aqui.

Os principais tópicos do conflito Raposa Serra do Sol foram discutidos no programa. A lamentar, que Anchieta não tenha tido a coragem de bota o Presidente do Basil em xeque.

Ressaltarei aqui alguns tópicos interessantes.

Cristianismo X Cristianismo – Católicos contra protestantes

As Igrejas Assembléias de Deus, através de seus pastores, igressaram com pedido de um mandado de segurança à Justiça e uma Carta a Assembléia Legislativa de Roraima, reivindicando a permanecia dos pastores nas áreas indígenas, pois alguns índios, através da CIR (Conselho Indigenista de Roraima) pediram a saída dos mesmos das áreas. Segundo a CIR, os pastores estariam “fazendo a cabeça dos índios pra ficarem a favor dos brancos”. Os pastores dizem que tal atitude foi orientada pelos padres, afim de “monopolizar” a presença da igreja católica.

Faz tempo que essa rixa acontece. A dois anos, alguns padres do Município de Pacaraima, fizeram um B.O (Boletim de Ocorrências), acusando um pastor da Assembléia de Deus de agressão.

O Disparate da Área

São 1,743 milhão de hectares para 17.000 índios. Mas segundo alguns deputados Estaduais, esse quantitativo é deturpado. Segundo alegam, há de 6.000 a 7.500 índios.
Roraima é o campeão de homologação de terras indígenas. Há nas mãos dos índios, 46% de todo o território.

A área destinada aos rizicultores e pequenos produtores não ocupa 2% do total da demarcação. A recusa do Governo Federal em não homologar em ilhas causa estranheza. De um total de mais de 1 milhão, 2% fará alguma diferença cabal para os indígenas?

Fora que os arrozeiros possuem 7% do PIB do Estado, e abastecem Boa Vista e Manaus. Geram mais de 1.000 empregos diretos e indiretos.
Política Indigenista, cadê?

Um detalhe que está passando desapercebido. O Governo Federal não possui uma política de desenvolvimento indígena. O estado de Roraima é que arca com 80% da estrutura e funcionalidades das malocas.

Os índios Yanomamis são o grande exemplo de como os índios brasileiros estão jogados a própria sorte. Após a homologação contínua da Reserva em 1992, esses índios tem sofrido demais com a malária e muitos, participam de tráfico de gasolina (contrabandeado gasolina da Venezuela).

É preciso que os índios sejam assistidos. Tenham saúde, educação e infra-estrutura. As condições mínimas que qualquer cidadão brasileiro, índio, branco, preto, enfim, que todos nós devemos ter.

A Esperança na Decisão do STF

O Povo de Roraima espera que a decisão do Supremo seja a favor do Governo do Estado. A soberania nacional está em jogo. Há de ter um meio de fiscalizar as ações das ONG’S estrangeiras na Amazônia, principalmente aqui.

Você, carioca, paulista, mineiro, gaúcho, baiano, enfim, brasileiro, que ama este país, trate de se informar mais sobre o que acontece não só aqui em Roraima, como em toda a Amazônia. Vamos proteger o que é nosso!

Por: Daniel Moraes – As 22:00 hs no Município de Mucajaí / RR à trabalho. Se o mesmo chegar à hospedaria inteiro, e se a lan house ainda estiver aberta, na quinta-feira terá texto.

(6) Comments

  1. Magiagifs

    Oieeee tudo bem com vc?
    Essa semana no magiagifs ,o seu blog estará em destaque ,
    pela beleza,conteúdo e sensibilidade!!Tem um selinho e
    nosso award pra vc!
    Tenha um lindo dia!
    "Se avançarmos com confiança na direção de nossos sonhos, e procurarmos viver a vida que imaginamos, teremos um sucesso inesperado nas horas comuns"
    Beijinhus
    Magiagifs(Li)

    27 de maio de 2008 01:15
  2. A Bruxa said...

    Hoje saiu na Folha de SP a invasão da Funai pelos indios, pelo fato do Governo Federal não mandar verbas para uma ONG que os assistia em relação à saúde.
    O que a gente percebe é que Brasil é grande demais, grande demais, e sempre vai ter gente achando isso e querendo que ele seja um pouquinho menor para ser "administrado melhor" .
    E nós mesmos, mal conhecemos o nosso vizinho, que dirá de Roraima!

    27 de maio de 2008 05:33
  3. Júlio

    Uma vez um politico norte-americano [que não me recordo o nome] disse a seguinte frase: "no dia em que o Brasil resolver explorar a Amazonia, nós [estadunidenses (como diz meu professor)]" vamos cair aqui de paraquedas. Isso talvez represente o grau de interesse dos norte-americanos, e porque não do resto do mundo, ao que tem por lá.
    Um outro titulo interessante seria: A internalização da Amazonia - Eis a questão.

    27 de maio de 2008 07:08
  4. Mr. Jairo Souza said...

    é enfim...
    sinceramente, penso q os índios devem ser tratados como qualquer, outro cidadão brasileiro, sem separação de terras e etc...
    Porém se assim eles querem, ficarem exclusos para terem oportunidade de contrabandearem o q quiserem, trabalharem com aexploração da amazônia com a ong americana que quiserem, separem um espaço de terra para elea, e q eles o façam... agora só não concordo q devam esperar alguma infra-estrura ou ajuda do brasil, pois ajuda é para os brasileiros, q tem orgulho de sê-lo e não para separatistas, q alimentam cada vez mas a exploração americana da amazônia e a internacionalização desta!
    Penso assim...

    27 de maio de 2008 10:37
  5. Daniel

    Li: Obrigado pela indicação. Ao ler o seu coment, fui no site e já coloquei o selo. Na quinta-feira, escreverei sobre a sua honraria e seu site. Humildemente, agradeço de coração.

    Mirian: Boa hora de começar a conhecer não só Roraima, mas todo o Norte do Brasil. Este país é grande, mas com esforço e boa vontade e fuçando nos lugares certos, podemos conhecé-lo melhor. Uma dica: Vá no Google e digite "internacionalização da Amazônia". Já é um bom começo.

    Júlio: Eis a questão mesmo! A Amazônia possui a maior biodiversidade do planeta, 16% da água doce do mundo. Está na hora de nos interessarmos mais sobre ela, não é verdade?

    Jairo: Também acho que o índio é tão igual como nós, mas eles também são vítimas - das ONG'S, do Vaticano e G-8. O problema não é tão simples assim. Quer saber mais, faça o que eu sugeri à Mirian.

    27 de maio de 2008 18:38
  6. Iara said...

    oi, nao sei o que pensar e nem o que falar sobre isso.

    Também tenho poucos conhecimentos acerca.

    28 de maio de 2008 18:48