VIVA A MARGINALIDADE DO PENSAMENTO!

Posted by : DANIEL MORAES | 28 maio, 2008 | Published in

Não estou aqui para ser compreendido, mas sim, incompreendido.

Escrevo mesmo é para complicar! O simplismo envenena o ser!
Quero quebrar paradigmas, romper a barreira da normalidade,
Enfiar o dedo na ferida é comigo mesmo! (...)

Para quê discutir obviedades?
Vamos debater o confuso,
O Complexo,
Indivisível,
Inigualável,
Abstrato,
Ser que se convencionou chamar humano.

Vamos controverter suas fragilidades, dores, ilusões, mentiras e desenganos.
Achincalhar, incendiar as mentes e os corações do povo!

Se estiver complicado entender o quero, não se preocupe, nem eu mesmo sei!
A única certeza que tenho da vida, como um filosofo um dia disse, é que nada sei.

Não caia no erro de tentar me rotular.
Qualquer adjetivo a mim empregado não é o bastante para denominar aquilo que em mim ferve, lateja, pulsa... Contudo, se apesar do aviso mesmo assim me classificar saiba que:

Sou muito em poucos.
Sou poucos em muito.

Figuras como eu, são postas à margem da sociedade. São tidas como “marginais”.
Mas que bom ser diferente!
É legal ser à exceção da regra;
A nota musical mal tocada;
O semeador da discórdia;
Avesso;
Anormal;
A mosca da sopa;
A margem;
A vara que cutuca a onça;
A dor de corno;
A bebedeira;
O INCOMPREENDIDO...

Quero mais é botar a boca no trombone... Desafiar... Contestar... Ir além dos limites...
Ser avesso a essa Sociedade estereotipada, calcada em dogmas e vícios.
Prefiro o meu mundo “marginal”, a incompreensão, que abaixar a cabeça a este mundo “normal”, de pessoas programadas e sem sal.

Viva a incompreensão do ser!

Viva a marginalidade do pensamento!

Viva!!!

EXTRA:

Em pensar que esse poema foi o grito de independência do O Arroto. Uma idéia que começou no orkut e consolidou-se de vez lá e que é a base para a condução desse espaço. As idéias e ideais nunca morrem.

Essa bodega tem a honra e a satisfação de ser destaque no site Magia Gifs. A direção desse blog agradece humildemente a Líbia e Christiane pela indicação e pelo selo.

Blog Destaque do Magia Gifs!

Por: Daniel Moraes, às 21:16.

(18) Comments

  1. Mr. Jairo Souza said...

    ótimo arroto!
    porém um dia agnt se cansa de arrotar, de ser diferente e continuar não fazendo diferença no mundo, ai tudo perde a cor, o sentido, a magia de ser marginal. E tudo q resta é o drama de descobrir q ser comum é menos intenso e machuca e cança menos!

    28 de maio de 2008 22:27
  2. Sonia Pallone

    E Viva a Sociedade Alternativa não é mesmo? A lógica dos loucos continua cada vez mais sensata, é isso e pronto!... E um "tô nem aí" bem chacoalhado pra quem se incomoda... Bjs meu amado amigo.

    28 de maio de 2008 22:36
  3. Andre Martin said...

    Ter (ou ser) um diferencial é bom; destoar muito, nem sempre.
    Toda diferença de potencial gera energia! E energia é o que move este Universo...
    Trilhar extremos é sempre um caminho perigoso. Buda (ou Confúcio? agora fiquei confuso) já dizia: "o caminho do meio-termo é o sensato".

    www.mesdre.myblog.com.br

    29 de maio de 2008 00:27
  4. Daniel

    Jairo: Pra quê tanto desencanto!? A marginalidade do pensamento existe e sempre existirá desde que você não perca o que há de mais importante - a fé em si e no Ser Humano. Eu sei que as vezes cansa (e como sei que cansa...), mas se dê pra mudar positivamente ao menos aquilo ou aquele em que o nosso raio de ação chega, já terá mudado o mundo.

    Sônia: Primeiro, alegria tê-la aqui nesse coment. Só te digo uma coisa, perceba a lógica de um louco chamado Jesus Cristo! E os incomodados que se fodam!

    André: Enfim, você! (...) Um pergunta: Em tempos de pai jogando filha pela janela, de enforcamento de Sadã e a constatação de que ele fazia "bem" ao Iraque, de corrupção em toda as esferas de poder, de anjo rebelado com poderes de Deus do Mal, enfim... O que é sensatez? É essa pseudo-normalidade aparente?

    29 de maio de 2008 11:33
  5. Iara said...

    Oi moço
    E aí quando vamos dá uma "detonada" no layout?? acha que esqueci??kkakakakakak o andrem vai me bater!!

    brincadeira, sabia que foi com um texto parecido que eu fui ao seu blog (o memorável Arroto) pela primeira vez???

    quem me indicou?? o agil.
    ainda lembro....

    29 de maio de 2008 16:35
  6. Iara said...

    Adoro entrar num blog e ler a opinião pura e simples do autor, ver a cara dele estampada em tudo, é bom ser diferente, mas mesmo os diferentes em alguns pontos eles sempre serão iguais a todos.

    29 de maio de 2008 16:37
  7. Tetê

    E viva as diferenças! Obrigada pela visita!

    29 de maio de 2008 17:36
  8. Camilla Boyle said...

    Adorei o texto! Também me sinto assim na maior parte do tempo, quando digo algo e as pessoas olham para mim com a sobrancelha lá em cima como se eu fosse louca. Somos diferentes?! Que nada, eles é que são todos iguais =D.

    Já dizia o sábio Raul Seixas: "A arte de ser louco é jamais cometer a loucura de ser um sujeito normal".

    Vivas as diferenças!

    Beijos

    29 de maio de 2008 19:15
  9. Daniel

    Iara: Todo Ser Humano até em alguns pontos são iguais. E esse, de todos os textos que eu já escrevi, é o que eu tenho um carinho especial. Reflete bem que eu sou.

    Tetê: O que seria do preto sem o branco. Viva as diferenças sempre!!!

    Camila: Eu adoro essa frase do Raul. Cem comentários.

    29 de maio de 2008 20:05
  10. A Bruxa said...

    Eu gosto deste seu texto. Realmente. Principalmente porque acho que todos nós temos aquela nossa parte rebelde, incompreendida, "a mosca da sopa", de opinião diversa, que bate de frente com alguém. Dizer que todos somos iguais... bom, isso, só na Constituiçào.
    Como você, gosto do meu lado "diferente". De certa forma, são as "diferenças" que atraem as pessoas, que formam grupos, que formam famílias e que faz o mundo girar.
    Se fossemos trilhar apenas pela "igualdade", acho que estaríamos vestindo as mesmas roupas que Adão e Eva depois que foram expulsos do Éden... ;)

    29 de maio de 2008 20:39
  11. Júlio

    As vezes eu fico meio reticente referente a "incompreesão"... não como consequencia, e sim como algo premeditado.

    Parabens pelo selo.

    29 de maio de 2008 21:05
  12. Daniel

    Mirian: Concordo em número, gênero e grau.

    Júlio: Obrigado pela parabenização.

    29 de maio de 2008 21:37
  13. Beatriz Cordeiro said...

    Os incompreendidos são sempre mais compreendidos...

    Bem-vindo, e volte sempre ;)

    31 de maio de 2008 10:44
  14. Carol Bahasi said...

    A normalidade não mais do que simplesmente uma questão de estatística.

    Lindo o texto.

    E que se fodam! (e que usem proteção)

    31 de maio de 2008 18:39
  15. lugirão said...

    Daniel

    http://cilenebonfim.com/como-colocar-o-haloscan-no-seu-blog-passo-a-passo/
    Vá nesse endereço que tem o passo-a-passo para colocar o haloscan.

    Sucesso

    31 de maio de 2008 23:47
  16. lugirão said...

    Eu coloquei o link certinho no Mais atitudes da Iara, se não der certo no seu o dela está ok.

    31 de maio de 2008 23:48
  17. Iara Alencar said...

    oi daniel, desculpe por nao respondido, fins de semana vou pra casa de mamae, ai la nao tem net e as vezes eu entro bem rapido numa lan:
    1º passo, ao instalar o haloscan, os comentarios antigos doi blogger sao suprimdos, eles somem, naosao exluidos, tem como vc ver no painel, mas os usuários não veem.

    2) entre no www.haloscan.com
    Faça um cadatro em http://www.haloscan.com/members/join.php "teme scrito signup al"
    Vao pedir um username que será seu nome de usuario pra logar no halos, uma senha, o titulo do teu blog e o endereço dele.

    Depois disso, faça login no haloscan, vá no menu e clique em Instal, se vc usa o blog no sistema de conta gmail, modelo atual, sem ser a versão classica, clique no primeiro item que aparece, se nao, clique na 2ª opção.

    aí é so seguir as instruções que tem no site, é simples, como ta em ingles, voce traduza no gogole que fica melhor.
    o video é esse:
    http://www.haloscan.com/images/tutorial/haloscan_blogger_autoinstall/

    1 de junho de 2008 11:02
  18. zek said...

    Se é um pensamento, ja é marginal por si só, também não gosto de ser rotulado,as vezes sou o patinho feio da multidão , as vezes vejo o que nimguem vê, outras não vejlo o que todos vêem.
    Fazer o que ?

    Abraços

    1 de junho de 2008 13:04