Quebrando Paradigmas - humor paulistano

Posted by : atilacity | 12 outubro, 2009 | Published in

Meus caros amigos, hoje em pleno dia das crianças, quero lhes informar que estou neste momento iniciando uma ação da campanha do Pensamentos Urbanos, que inclusive mensionei em um texto meu aqui, chamda "Doe Um Sorriso", estou neste momento com mais ou menos 12 crianças de uma associação chamada ABCD Nossa Casa - Localizado no Bairro de Sumaré em São Paulo.(Clique Aqui)


Mas não vim aqui relatar de primeira mão, mesmo porque como disse pro Neto eu programo minhas postagens aqui, porque segundas feiras são dias que acontecem coisas inesperadas, boas e ruins... segundas feiras para mim é especial é ritualistica, logo cedo e Sampa num caos, o ritmo tem que correr rápido e o trânsito nem sempre ajuda (MENTIRA){Leia-se exagero} por isso escolhi este dia para falar de politica, então passo o dia só pensando no proximo texto (uma vez que a rotina permite) porém, tenho alguns dias para bolar um tema, quem sabe acompanhar as campanhas de alguns politicos interessantes.

Esta semana achei um livro que li a alguns anos (mudei de residência a pouco tempo e ainda estou me reorganizando) chamado "Corrupção Fator de desenvolmento?" "- O advogado e a ética profissional - O juiz de Direito e a Justiça" da editora Letras e Letras. (Ali ao lado).




"Quebrando Paradgmas"


...Hoje erudicamente quero ficar só pensando  em  um trecho do livro...

II - Uma empresa multinacional adquiriu, num país pobre, uma área situada em uma região de densa população, onde instalou amplas industrias, que além ja atenderem à demanda do mercado empregarem milhares de pessoas, alimentam uma cadeia de atividades paralelas. No entanto, quando do incio de suas multiplas obras, sob alegação de que uma de suas fábricas iria lançar para o ar substancias poluentes, teve problemas com o Ministro do Meio Ambiênte daquele país, ocasião em que aquela autoridade foram devidamente informada de que tal mal não ocorreria, uma vez que a fábrica em questão seria tecnicamente equipada para evitar a poluição do Ar e das aguas circunvizinhas mesmo depois de uma visita prolongada In locco e custeada pela interessada, embora convencido dessa assertiva, ele embargou as obras, propondo, por intermedio de receptador de subornos, que as demais seriam reiniciadas mediante uma elevada contribuição em dinheiro, que seria dividido entre os principais membros daquele governo. Consumada a extorsão, tudo se normalizou, ou seja, as obras proceguiram em ritmo acelerado.
A maior parte desse dinheiro foi aplicada nos negocios particulares dos comtemplados, que se multiplicaram por muitas vezes. O saldo restantes eles depositaram em bancos estrangeiros, no exterior.
Essa enorme soma, diante dos lucros auferidos por essa multinacional, tornou-se insignificante.
A importancia objeto dessa extorsão - suborno foi contabilizada sob a rubrica " Contribuição politicas" " As multinacionais subornam e são subornadas" Theodori C. Sorensen
 Meus caros amigos, o livro é muito interessante e neste ponto a multinacional não seria um bicho papão que somente contribuirá para que a corrupção ocorra, mas que ela tem que sobreviver desta forma para fechar seus negócios,  se fazendo nescessária a corrupção para criar muitas oportunidades de emprego. Mas é somente um exemplo para caracterizar que as vezes a corrupção é mais cotidiana do que pensamos, quantas vezes não encontrou um amigo na fila do banco e cortou a fila? Para quem joga bola, quem nunca fingiu que nada aconteceu para o juiz? Enfim, leiam este livro eu recomendo.




Humor Paulistano



Meu, o  partido Progressista esta com uma campanha de Filiação, os cara colocam logo quem? meu. O *Maluff - Vem na mente a frase: Se o *Pitta não for um bom Prefeito, nunca mais votem em mim, e sem seguida a resposta vem quase que imediato: não precisava nem pedir.
E enquanto versava um texto sobre conceitos e valores éticos, claro que falava em nome do partido, (é como se eu estivesse no meio do chiqueiro e tentando te provar que eu estou limpo, é sério, pode ver..respira fundo.. pelo nariz Ok). O Maluf pode até roubar, mais o cara faz, meu, pensa bem.. ele faz varias obra, o Rodoanel foi o Maluf que fez, o Minhocão, foi o Maluf que fez, a catedral da Sé, foi Maluf que fez, ele fez também, a via Dutra, a avenida Paulista e a rua Augusta, o Patido do colégio ele inaugurou colocando o sino na frente. Duro o Maluf criou a Rota,  A Rota se tornou seu orgulho, diminuiu de fato a marginalidade, os cara batia tanto que até cobra batia continencia, o bicho pegava, Deus cria A rota mata, se Arrota mata, mata como explodindo?


Meus caros, particularmente não tenho nada contra o Sr. Paulo Maluf, porém, seguindo minha lógica politica eu farei exatamente o que ele pediu na campanha de um sucessor, nunca mais votar nele, enquanto ainda existir ser humano na terra, eu não voto nele! Por certo que não devem ler meu texto e interpreta-lo "ao pé da letra" por haver exageros, sobre o ponto onde falo sobre a "Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar" Rota é porque seu histórico é marcado por uma violência exessiva.



* Paulo Maluf - Ex. Prefeito, Ex governador, Ex recordidas em fraudes, Ex recordista mundial de enriquecimento de notas, Customer gold silver bronze of accounts em tax havens concebido na Suiça e tem um sotaque inconfundivel.
** Celso Pita. Ex. ladrão Prefeito da Cidade de São Paulo
Meus caros amigos, leitores deste blog, deixem suas sugestões de debates para nosso quadro de autores, isto ajuda a desenvolvermos um tema semanal que terá cada dia um ponto de vista diferente, que tal amigos autores topam o desafio, quem manda o tema são os leitores do blog.. autores decidem qual tema da semana..

Que todos tenham uma exelente semana.
Atila City

(4) Comments

  1. Neto said...

    Valeu @Átila

    Obrigado pela citação no texto. Vindo de você considero uma honra.

    Consideravelmente, vou ler este livro. Sobre à corrupção no país (e não só neste país, com certeza!), lembrei de alguns fatos semelhantes ao seu texto que li no passado: algumas empresários para se manterem atuantes subornam fiscais do governo que por sua vez subornam autoridades no comando que subornam juízes e por aí vai. A história se repete. E a história dos bingos no Brasil atualmente é um exemplo dessa corrupção.

    No texto, você abordou um ponto interessante: A corrupção inerente ao ser humano. Em alguns momentos, eu diria até que ela é nata em alguns seres humanos (vem desde o berço), mas o enfoque que vou querer dar é outro.

    É o seguinte: Todos nós somos suscetíveis ao erro. É natural. No entanto até que ponto, deixaremos nos levar por esse erro e o aceitaremos como normal, simples? Talvez aí resida a 'luz' e a diferença das coisas. Daquele que tem caráter, e daquele que não tem. Existem pessoas que mentem e gostam disso (até porque encontra quem acredite e dê apoio às suas mentiras), e existem pessoas que nascem com a sabedoria de fingir, de atrair, de manipular, e de enganar com muita arte. Quase sempre quando são pegos dando aquelas 'balinhas' para o guarda, ou comprando aquela 'droguinha' na esquina (que alimenta o tráfico), sorriem e inventam desculpas dizendo: "mas eu não sabia que era errado!"... "não fui eu!"... "não sei de nada!"...

    Nesse contexto de análise saímos do campo da sociologia e entramos na psicologia. E parece que não há jeito, porque caráter também é de berço. E eu acredito realmente que, mesmo uma pessoa nascida com instintos ruins, se bem criada e formada desde pequena, saberá como domar seus 'impulsos negativos' após adulto.

    Pior é viver na mentira sem dúvida. Mas no campo político, mentir ou saber mentir é uma forma de arte. Quem a tem vai longe. Chega até a ser presidente da república.

    Abraços @Átila!
    E parabéns pelo texto.

    12 de outubro de 2009 17:59
  2. Atila City said...

    Meu caro neto só não te dou o meu livro porque alguns livros pra mim são sagrados, politica e psicologia (fora algumas obras literárias) eu não dou, empresto ou alugo hehehe...
    Minha biblioteca é vasta e esta ainda em construção.
    Neste site http://www.estantevirtual.com.br/mod_perl/busca.cgi?alvo=autortitulo&pchave=Antenor%20Batista%20Corrup%E7%E3o%20Fator%20de%20Desenvolvimento&nf=1 tem preços bons.
    Mas indo ao comentário, a corrupção sim, faz parte deste conjunto complexo de células pensantes que é capaz de construir e destruir com a mesma eficácia, com a mesma Paixão.
    Na humanidade temos diversos exemplos, inclusives algumas corrupções são tidas como heróicas, Hobbin Hood é um ótimo exemplo, um herói politico que roubava dos ricos e distribuia aos pobres, se olhar nos minimos detalhes até mesmo desta heróica história somente alguns pobres eram beneficiados. Porém por outro lado existe a corrupção boa, como por exemplo em outro conto infantil, falo na mentira que João contava a bruxa para poder no final se salvar e salvar sua irmã Maria.
    E uso contos infantis porque são formadores de opinião e cárater, portanto, base de nossa sociedade.
    Meu caro, muito obrigado pelo comentário. Um grande abraço

    13 de outubro de 2009 19:29
  3. Raquel said...

    A corrupção acontece nas coisas mais simples do dia a dia, no meu modo de ver as coisas, isso tbm é resultado da moral que temos atualmente ou melhor dizendo, não temos.
    Cada vez mais até na educação familiar a regra base é velha frase: "faz o que eu digo e não o que eu faço"...
    A questão é se realmente seguiremos assim, e cremos que vamos chegar em algum lugar, ou haverá um momento onde por fim onde toda sociedade perceba que de tal modo será complicada a convivencia social...

    Ah que saudades do trânsito de são paulo, hehehe...

    13 de outubro de 2009 20:45
  4. Atila City said...

    É Raquel, espero que nossa sociedade olhe com carinho e quebre certos paradgmas, voltados a corrupção ou a politica que mensionou "Faça o que eu digo, mas nunca o que eu faço", porém, espero que seja antes de nascerem meus bisnetos e trisnetos..
    Saudade do trânsito menina, sampa tem tantas coisas melhores hehehe
    um abraço e obrigado pelo comentário

    14 de outubro de 2009 14:00