SAUDADE...

Posted by : DANIEL MORAES | 02 novembro, 2008 | Published in

Dos tempos de criança
Dos amigos de infância
Da inocência perdida
Do pé de laranja lima
Do banho no riacho
De ouvir o jogo do Mengão na casa do Tio
De andar de bicicleta com os amigos
De empinar pipa
Do Atary
Da comidinha da vovó
Do cafuné da mamãe
Do banho de chuva
De tomar cerveja no botequim do José
Do bacalhau do Joaquim
Do café da Inês
Do Carlos Drummond de Andrade
De me embalar na rede
De gargalha com as piadas da Marcela
Da Adenice
Dos tempos de Movimento Estudantil
Dos Perdidos na Noite
Das músicas da Elis
Das machinhas de carnaval
Do carnaval no Iate Clube
Do fusca 87
Da boa música...

Saudade...
Dos bons momentos
Das coisas boas da vida...
Tá tudo guardado em mim,
Num compartimento chamado lembrança.
EXTRA:

Eros postou no Ménage

Boa semana a todos

(11) Comments

  1. A Senhora said...

    E tem gente que diz que é para jogar o passado fora! Coisa mais boa é isso! Se nào fosse ele, quem seriamos nós?
    Beijos e boa semana, menino.

    3 de novembro de 2008 03:34
  2. lugirão said...

    Daniel, também tenho saudade de muita coisa, esse fim de semana tive a felicidade de rever pessoas da minha infância que não via há muito tempo, como é bom reviver o passado e matar um pouco as saudades de amigos que se foram e até de amores, eu sinto falta principalmente da Lúcia que achava que podia mudar o mundo, e principalmente da inocência perdida.

    Boa semana, beijos

    3 de novembro de 2008 06:27
  3. Rívea

    Daniel, tudo bem?!

    Esses dias estava assim com saudades da infância, "da inocência perdida"! É sempre bom relembrarmos os bons momentos da Vida. Olhar para trás, ver que valeu à pena e as lembranças ficaram em nós para sempre.

    Boa semana.
    Beijú meu!

    3 de novembro de 2008 10:16
  4. Leticia said...

    Delícia ter coisas boas para sentir saudades.E saber que somos o resultado da soma de todas essas lembranças...

    Boa semana Dan, saudades.

    3 de novembro de 2008 10:19
  5. Cida said...

    Não sinto saudade da infância porque ainda não saí dela kkkkkkkk. Também não tenho saudade das pessoas que fizeram parte da minha infância porque, graças a Deus, ainda estão todas bem presentes na minha vida. Acho que sou uma pessoa de sorte, hã!? Beijos.

    3 de novembro de 2008 15:59
  6. Valéria de Oliveira said...

    EEEE saudade...Sinto tanta saudade e ela me deixa com um sentimento pouco agradável em alguns momentos. Temos que aceitar as mudanças em nossas vidas. E deixar a saudade invadir de uma forma positiva. Né amigo?

    Bueno texto. Rs

    Beijo

    3 de novembro de 2008 16:22
  7. paula barros said...

    Um inventário leve e brilhante das boas lembranças. Consegui pular de uma a outro feito uma menina sapeca.
    Até fiz o que nunca fia, vivi o que nunca vivi. Senti.

    beijos, gostei muito.

    4 de novembro de 2008 10:49
  8. paula barros said...

    Sabe, um dia desse lia um blogueiro de 84 anos e me deu vontade de escrever algo sobre minhas lembranças, e não consegui. Ele disse, você ainda é jovem. E você mais novo tem ótimas lembranças e escreveu tão gostoso.

    abraços

    4 de novembro de 2008 10:51
  9. lugirão said...

    Acabei falando de saudade, nem tanto pelo teu post, mas por causa de uma crônica da Martha Medeiros que li.

    Mas, eu tenho andado com muitas saudades, principalmente do meu filhote que está longe de mim.

    beijos

    4 de novembro de 2008 17:44
  10. Mr. Jairo Souza said...

    Ah saudosismo!
    realmente amo este tipo de poemas! parabens!
    estilo casimiro de abreu!
    grande poeta!
    abraços!

    5 de novembro de 2008 14:08
  11. . fina flor . said...

    vale pena sentir saudade disso tudo ;o)

    beijos, querido

    MM.

    5 de novembro de 2008 21:02