ESPELHO D'ALMA

Posted by : DANIEL MORAES | 21 novembro, 2008 | Published in

Quero ser um outro...
Vários seres, mutáveis em forma,
Imutáveis em espírito.
Redescobrir meus mais íntimos caminhos,
Cutucar feridas mais dolorosas,
Ter pesadelos horrendos,
Entendendo minhas inseguranças e franquezas,
A fim de superá-las.

Quero broxar pra poder gozar.
Sentir a vergonha do macho que se vê impotente...
E na humilhação viril,
Reavivar meu mais intenso fogo,
Satisfazendo por completo minha gostosa,
Assistindo o sorriso largo da mulher que me come,
E devorá-la com a fome de um leão,
Que mete suas garras com vontade e ardor,
Sentindo o estremecer da morena que grita sua dor,
Ensandecida pela sua delícia mais avassaladora.

Quero morrer hoje,
Nascer amanhã,
E assim saber quem sou!

Vivendo tudo sem ter medo,
Eu, ínfimo,
Grão de areia,
Mergulhado em mim,
Senhor do meu destino.

Quero me perder pra poder me achar.
Despir-me pra vestir-me de um novo Ser.
Chorar lágrimas de sangue e fazer sorrir minh’ alma,
Brotando nascentes de esperança, alegria e fé.

(9) Comments

  1. Anônimo

    Quando nosso íntimo transcende a voracidade de nossa passividade
    Queremos lutar com todas as forças para que nossos medos se tornem superações;
    Que nossas fraquezas se tornem fortalezas;
    Que nossas frustrações se tornem motivações para lutar e conseguir;
    Que nossa morte seja de um íntimo frágil e vulnerável, para o nascer de um ser de força e coragem;
    Pedimos então que não sejam retiradas as pedras de nosso caminho...
    Mas que possamos sim passar por elas e ficarmos mais fortes...
    Ana Cárita
    PS: Adorei seu texto

    22 de novembro de 2008 09:47
  2. vidalinda said...

    Conflito de pensamentos??
    Eu gostei do texto dá para refletir!!

    22 de novembro de 2008 10:42
  3. vidalinda said...

    Conflito de pensamentos??
    Eu gostei do texto dá para refletir!!

    22 de novembro de 2008 10:42
  4. Valéria de Oliveira said...

    Uhuuuuuuuuuuuuuuuhhhhhhhhhhhh.

    Valeu a pena êê. Somos pescadores de almas, desejos e vontades...Isso ai Dani.

    Seguinte. Andei sem tempo, mas estou pensando em idéias boas para o blog blues na veia. Estou por conta da música aqui em São Paulo, mas quero muito participar e para mim será até muito importante como evolução em conhecimentos musicais.
    P.s Demorei, mas tem um post que reponde seu post anteior aqui no só pensando. Vai lá...

    Beijo!

    22 de novembro de 2008 23:28
  5. Camilla K. Boyle said...

    Adorei o texto. De facto por vezes é necessário passar por "menos bons" em que se cutucam feridas mais dolorosas ou se tem pesadelos horrendos para que possamos evoluir. Até as coisas más trazem uma lição.

    Beijos e boa semana

    23 de novembro de 2008 20:49
  6. Linha Vermelha said...

    Eu queria ser eu. Aquela que eu ainda não fui. Entendeu?
    Conflitos...eles nos matam ainda.

    Lindo.
    Tomei pra mim.
    Beijo

    24 de novembro de 2008 15:33
  7. lugirão said...

    Daniel adorei,
    Quero morrer hoje,
    Nascer amanhã,
    E assim saber quem sou!


    Você anda inspirado mesmo.

    beijos

    24 de novembro de 2008 17:58
  8. paula barros said...

    Esse poema me fez pensar, as vezes é preciso quase nos virar pelo avesso para nos descobrir.

    São essas buscas que nos torna melhor.

    abraços

    27 de novembro de 2008 19:41
  9. Mary West said...

    De coisas ruins eu entendo. E hj em dia posso dizer que sou especialista em naum me meter mais em enrascadas.

    28 de novembro de 2008 21:16