CONSTRUIR O HAITI

Posted by : DANIEL MORAES | 17 janeiro, 2010 | Published in

O homem está recebendo o troco da natureza. O desrespeito que nós sempre tivemos para com as questões naturais degradaram o Mundo e o resultado disso é o tempo “louco” e desastres climáticos países a fora.

Há dias atrás aqui no Brasil fomos testemunhas da raiva da natureza nos acontecimento de Angra das Reis, no Rio de Janeiro. É evidente que não é só isso; as ocupações de lugares de risco contribuem para que esses tipos de fato ocorram.

Mas nada foi tão devastador que o Terremoto que simplesmente acabou com o Haiti. O país com o menor PIB do Mundo e que 90% da população vive em estado de miséria absoluta.

Desde 2004 com a deposição de então presidente Aristides, a ONU vêm coordenando a missão de paz que é capitaneada pelo Brasil. O Haiti pode a partir de agora virar um país. Sim, pois, pela primeira vez a comunidade internacional pode fazer algo além do Assistencialismo barato e aproveitador.

O terremoto destruiu toda a infra-estrutura do país que já não era lá essas coisas... O país que no início do século XX era um dos principais exportadores de açúcar do Mundo, hoje é uma economia (economia?) frágil sem sustentabilidade própria. O país figura na lista dos piores países em educação e saúde e a criminalidade faz com que o país seja um dos mais perigosos, por causa das lutas de tribos rivais.

Imaginem agora esse país como será? A quantidade de órfãos oriundos da tragédia... Um manancial incrível para os traficantes de crianças! Mas isso é só a ponta dos problemas sociais que podem se agravar, por isso mesmo, a comunidade internacional deverá ter em mente que não é para “reconstruir”, mas sim, construir um país!

Pela 1ª vez na história da civilização moderna, há a possibilidade de planejar um país nos moldes que devem ser. Talvez seja utopia de minha parte (e é!), mas por que não? Se não for assim, o Haiti será mais um Iraque imerso em uma anarquia total e sem volta.

(4) Comments

  1. Valéria de Oliveira said...

    Caro e querido Danieeeeeeeel, sempre abordando fatos da sociedade, política... Como diz uma música: ''Não dá pra ser feliz, quando o problema é social''...

    Sabemos que as tragédias mundiais é uma espécie de reflexo do homem, o tal poder em construir destruindo... De acordo com o texto que postei em meu blog, a história antiga gera a história da atualidade com sequelas e efeitos retardados... Vamos em oração pedir que tudo melhore, que os tempos e as pessoas se conscientizem que amor é o verdadeiro valor da vida!

    Beijo

    17 de janeiro de 2010 13:56
  2. Valéria de Oliveira said...

    P.s Esqueci Dani, vamos divulgar o Miscelania Recorde (antigo blues na veia), o Jairo postou lá tb... pede para a galera prestigiar a inauguração rsrsr... Beleza?

    Bjk

    17 de janeiro de 2010 14:32
  3. Carol said...

    Nossa texto completamente informativo de maneira positiva, metade das informações que vc deu sobre o país eu não sabia...o.O''
    mas eu já desisti de assistir TV, não consigo ver tanta desgraça junta, acho que me isolo do mundo p não ser engolida por ele...=/

    17 de janeiro de 2010 17:35
  4. Neto said...

    O Brasil tem planos para o Haiti e a intenção nossa são os recursos do solo naquele país. A Petrobras acredita que a economia do país pode ser alavancada se o Brasil fizer do Haiti uma plataforma para exportação do Etanol para mundo. Estudos já foram realizados sobre isso e viabilizaram o solo daquela região como produtivo.

    O Haiti, me perdoe falar assim mas, parece ser um país esquecido por Deus. De fato, é muita carência para tanta gente. Não é possivel que essas pessoas vivam como seres humanos em um ambiente assim. Só Jesus mesmo.

    Isso me faz pensar naquelas pessoas que, aqui no Brasil, tem o rei na barriga e reclamam de qualquer coisa. Gente assim deveria, ao menos, passar um mês no Haiti para ter a noção do bem precioso que eles têm. Lá, essa gente passaria tanta necessidade e fome que, voltando, com certeza, parariam de reclamar dando mais valor ao que possuem.

    Abração, Daniel!

    Vou deixar um post aqui no forno nessa semana :)

    17 de janeiro de 2010 18:42