DEUS MORREU!

Posted by : DANIEL MORAES | 15 janeiro, 2009 | Published in

“Acautelai-vos, porém, dos falsos profetas, que vêm até vós vestidos como ovelhas, mas, interiormente, são lobos devoradores”. (Mateus 7-15).

Final de semana passado fui a show de hipocrisia e manipulação. Estava junto com minha mãe e uma tia minha, para assistir ao “Show da Fé”, que é protagonizado pelo Pastor R.R. Soares, da Igreja da Graça. Essa tia minha é freqüentadora dessa agremiação religiosa, e nos convidou a vê-lo no Parque Anauá. A Rede Bandeirantes de Comunicação vincula em horário nobre seu “espetáculo de milagres”. Sim! Segundo este senhor, Deus lhe deu a “graça” de ajudar “irmãos” com problemas de locomoção, além de fazer com que este seja capaz de tirar sinais do corpo (o que ele chama de “milagre dos sinais”).

Percebam primeiramente o cenário. Grande parte das pessoas que estavam ali eram das chamadas classe C, D e E, ou seja, pessoas pobres, paupérrimas, que possuem graves problemas de saúde, que na maioria das vezes tentaram de tudo para curar-se, e viram como ultima saída, a religião. Entendam antes de tudo, que realmente, sou uma pessoa altamente cética e um crítico contumaz desse atual modelo Cristão, que não prega a fé, mas sim o medo, já que Jesus Cristo ficou em segundo plano, pois o “pop star” da CIA é o dito Demônio, que tudo pode, que tudo faz, que a todos manipula, tudo nas barbas de Deus, que mais parece um Ser babaca, que assisti um anjo rebelado fazer e acontecer em seus domínios – mas voltando ao assunto. Soares adentra o palco com uma oração até muito bonita e após isso, inicia um cântico (também muito bonito). Em seguida, faz pequenas leituras de algumas passagens bíblicas e inicia o show. Imaginem a cena... O mesmo manda que pessoas com algum tipo de problema de locomoção vá até o palco. Logo percebe-se uma fila relativamente grande. Pessoas vão entrando uma a uma, e os “milagres” acontecem. Para maioria das pessoas, realmente, algo de sobrenatural acontece ali. Vi nos olhos de muitos, os maravilhamentos dos feitos do “enviado de Deus”, que vai fazendo gente se livrar da muleta, do andador ou da cadeira de rodas. Para quem tem na religião um objeto de estudo, sabe que ali é uma encenação. Percebi uma movimentação no fundo do palco entre seus assistentes; é obvio que os “milagres” são encenados, pois, aqueles que estavam sendo “curados” eram membros de sua equipe, ou pessoas indicadas da Igreja, que com certeza estavam ganhando algum tipo de compensação financeira – em suma, estava assistindo a uma peça de teatro bizarra, onde a palavra de Cristo era comercializada, vendida descaradamente... Enquanto os “milagres” eram feitos, pessoas vendiam DVD, CD, Bíblias personalizadas, camisetas, enfim... Estava montado ali um comércio, onde Deus era o produto.

Mas tinha uma coisa que R.R. Soares não imaginava, pessoas realmente necessitadas começaram a querer ser “curadas”. A fila de entrada para o palco começou a ficar grande, e grande, e grande... Pessoas, com vários tipos de enfermidades estavam lá, querendo que suas dores fossem retiradas pelo “enviado de Deus”. Num determinado instante entrou um senhor, com mais ou menos 70 anos. Dizendo ser paralítico há 30 anos, foi ao palco convicto que sairia de lá andando... Eis que Soares começa a rezar e dizer, “o senhor tem fé?”. Enquanto o idoso respondia, “tenho, sim senhor!”. R.R. rezava e nada do senhor andar; falava, “largue o andador e ande sem ajuda!”, enquanto o idoso respondi, “não consigo!”. E nisso os dois ficaram por mais ou menos meia hora. Soares a perguntar se o senhor tinha fé e mandando que o mesmo larga-se o andador, enquanto o idosos afirmava não sentir firmeza nas pernas e sentir medo. Em suma, era para haver um “milagre verdadeiro”, pois o senhor era verdadeiramente “necessitado”, e o que houve? Nada!

Soares, ao perceber que não conseguia milagre algum, disse que atenderia pessoalmente o idoso mais tarde, pedindo que se retira-se e a fila de verdadeiros necessitados foi dispersada. Por fim, R.R. fez uma oração, após isso um cântico, e fomos para “Os Milagres dos Sinais”.

Possuo um sinal de nascença, a cima da aquicila esquerda, ela é bem pretinha, e segundo uma tia minha é sinal de que me casarei com uma negra. Soares inicia “o milagre” pedindo que coloquemos as mãos em cima do sinal a ser apagado, e que se reza junto com ela. Foi o que minha tia (que também possui um sinal) e eu fizemos. Ao fim da oração, fui vê se poderia dar “um testemunho de um milagre”, porém, em vão, já que o pretinho ainda estava lá.

No outro dia, li na Folha de Boa Vista que a PM registro 15.000 pessoas no ressinto, e 230 “milagres do sinal” realizados. Ao ler a matéria e rememorar tudo que vi, cheguei à conclusão que Deus Morreu! Sim! Não sou Nietzsche, mas afirmo isso, por um motivo muito simples: esse Deus que grande parte da doutrina atual do Cristianismo prega, não é o Deus de Jesus Cristo. Esse Deus é um deus comercial, vendável, que serve aos desígnios dos homens, afim de que os mesmos possam enriquecer a custa da fé alheia.

Chegamos à época religiosa descrita pela Bíblia em que os chamados “falsos profetas”; são R.R. Soares, Bispo Ed Macedo, casal Hernandes (da igreja do jogador de futebol Kaká) e tantos outros, manipulam a Santa Palavra de Deus explorando a fé alheia e enriquecendo a custa de 10% ao mês. O Cristianismo historicamente sempre manipulou a fé, é só abrir os livros de história e verificar a Inquisição, O Martelo das Bruxas e as Cruzadas, como exemplos claros dos interesses dos homens, fazendo de Deus “sua imagem e semelhança”.

Percebe-se a clara decadência do Cristianismo que precisa ser revisto. O catolicismo insiste em está na contra mão do mundo real, negando a evolução do pensamento e comportamento humano, reduzindo a reeditar os 07 Pecados Capitais (já escrevi sobre isso – As Novas Bizarrices Capitais); quanto ao Protestantismo, criou a figura do Deus do Mau (e o mais engraçado de tudo, é que vivemos num modelo religioso monoteísta, ou seja, só um Deus), já que em suas pregações, muitos pastores alegam que “Satanás tem poder” (em pensar que mitologicamente falando, este ser é um mero anjo rebelado... Imagine se não fosse!), que faz isso, aquilo, enfim... (esqueceram de dizer a estes senhores, que principio de Divindade é obrigatoriamente, principio de Poder, e o único Ser neste ou em qualquer outro possuidor disso é DEUS).

Sei que grande parte daqueles que me lêem possui religião, mas o fato é que a religião está com os dias contados! Pelos menos esse atual modelo, onde Deus é uma figura vingativa, dúbia e cruel, que junto ao Diabo, manipula-nos feito piões de jogo de Xadrez. Deus morreu! Pelo menos para grande parte daqueles que possuem “o poder da palavra”. Este deus de Soares, Macedo e CIA LTDA sucumbirá frente ao verdadeiro Deus! Aquele que é digno de Toda Honra e Toda a Glória, que mandou seu filho Legítimo Jesus Cristo para nos salvar, sendo este, o único detentor de milagres! Foi Cristo que fez cego enxergar, morto ressuscitar, paralítico andar, e que nos deu vários motivos para acreditar na Glória do Verdadeiro e Poderoso Deus, que é paz, amor, afeto, luz e compaixão! E que nos deu o testemunho que só pela Fé, e somente por ela, haverá a salvação.

Deus está na boca de muitos,
Mas são em poucos corações que Ele reside!

"Porque pela Graça sois salvos, por meio da fé; e isso não vem de vóis; é dom de Deus. Não vem das obras, para que ninguém se glorie." (Efésios Capítulo 2. Versículo 8 – 9).

"Na verdade, na verdade vos digo que aquele que crê em mim tem a vida eterna." (João Capítulo 6. Versículo 47).

(15) Comments

  1. Valéria de Oliveira said...

    Pois é Daniel, concordo e assino em baixo. Excelente texto. Vc escreveu exatamente tudo que penso e presenciei também nestas igrejas.Infelizmente quem não possui informação, opção e orientação. Acredita em um ''pastor'' que se diz ser poderoso o suficiente para aliviar um problema, uma dor, uma cicatriz, um passado...Acredito que temos um poder mental imensurável e que a fé move montanhas. Sou uma católica não praticante. Conheci muitas outras religiões e acredito que dentro de cada uma delas, existe algo bonito e especial. Nem sei se Deus é Deus cara. Acredito que ele é homem e mulher. E o nome deste ser é força estranha e superior. Acredito q ele é tão sábio que criou o negativo para existir um valor. Basta vc entender os sinais.

    Beijo cara...

    Tem texto meu em meu blog http://valeartenaveia.blogspot.com/

    15 de janeiro de 2009 21:21
  2. Renata Rocha said...

    A unica coisa que tenho a dizer é: "... o homem que nao tem juízo ridiculariza o seu próximo mas, o que tem entendimento, refreia a língua... Provérbios 11:12".

    15 de janeiro de 2009 22:44
  3. Flávia said...

    Deus, definitivamente, não está nesses lugares onde se tripudia sobre a fé das pessoas.

    Um beijo, Dan. Excelente o txto.

    16 de janeiro de 2009 00:05
  4. paula barros said...

    Esse modelo de Deus para mim não existe. Esse comércio de religiões é abominável. No entanto vejo diante desse mundo caótico que vivemos cada dia mais crescerem os novos idolos e a legião de fãs dessas igrejas, dessas ditas religiões.]

    abraços

    16 de janeiro de 2009 02:32
  5. Valéria de Oliveira said...

    Dani, tem um Meme em minha página em especial p vc.

    São apenas 6 características suas.

    É fácil. Oka?

    Vai láaaa:

    http://valeartenaveia.blogspot.com/

    16 de janeiro de 2009 13:45
  6. Marcela' said...
    Este comentário foi removido pelo autor.
    16 de janeiro de 2009 20:45
  7. Marcela' said...

    concordo em absolutamente tudo o que você escreveu. Daqui uns anos não existirá mais religião verdadeira e a fé das pessoas se resumirá em markenting, como hoje.
    É horrível pensar que usaram uma coisa tão seria como a religião e a fé das pessoas para tirar algum lucro, atenção, porque eu realmente não acredito em nada dessas coisas milagrosas de R.R. e CIA LTDA, como voce disse.
    Dificil..
    baci !

    16 de janeiro de 2009 20:45
  8. Avassaladora said...

    De Blog em Blog...
    E aqui estou!!!
    Gostei do seu espaço...
    De seus textos!
    Polêmicas... Polêmicas...


    Voltarei mais vezes!


    Beijos avassaladores!

    16 de janeiro de 2009 22:02
  9. lugirão said...

    Daniel, adorei teu post.

    As pessoas andam muito largadas na vida, sem esperança, ai vem esses empresários da fé, e prometem tudo o que eles queriam ter, ai já viu.

    Religião e sexo, nada dá mais dinheiro que esses dois itens.

    Tem certeza que o seu sinal não sumiu? Vai ver vc é um homem de pouca fé.

    Bom fim de semana.

    16 de janeiro de 2009 23:20
  10. Mayara Borges said...

    Deveria ter um programa com o nome "Pequenas igrejas, grandes negócios!"... hahahahaha... Acho q daria mais lucro rs.

    17 de janeiro de 2009 10:12
  11. Jairo Souza said...

    Pois é Daniel, descordamos em suma sobre este assunto, sabemos que Deus não é um Deus comercial, que Deus é um Deus de amor e não um Deus mau. Principalmente se desfrutamos de sua companhia diariamente! Porém quem somos nós para julgarmos as pessoas as quais Deus escolhe para usar? Quem somos nós para questionarmos os propósitos de Deus. Deus está fazendo com que seu nome seja pregado pelo munod, e ele usa quem ele quiser! E quanto aos pecados, cada um dará conta dos seus perante Deus um dia. Pois Deus é graça e tardio em irar-se, mas um dia ele se irará, com toda a desobediência que se passa na terra. E quanto ao que vc falou de andarmos na contramão do mundo, eis que este é o propósito! Pois não pertencemos a este sistema, mais sim somos de Deus e para ele voltaremos se nele estivermos.
    Enfim, em suma acredito que fé não pode ser tratada de forma cética, mais sim acreditando em Deus e em sua Palavra acima de tudo, e não em qualquer pregador!
    Abçs!

    17 de janeiro de 2009 11:59
  12. Tyellë said...

    Pura verdade, Deus virou comércio
    fiz um poema sobre isso faz algum tempo.
    http://tyelledesign.blogspot.com/2008/09/em-nome-de-deus.html

    gostei do blog e do estilo que escreve, magnífco.
    parabéns
    voltarei
    abraços

    17 de janeiro de 2009 23:00
  13. Philip Rangel said...

    Daniel..primeiro quero agradecer a vc pela participaçao ao debate...

    e sobre seu post..concordo com vc...Deus não está e lugares onde a cobrança...muitas vezes essas igrejas sao jugadas que nos catolicos pagamos dizimos pra elas..mas na realidade eles cobram livros...tudo pra ser vendido..nao sei pra onde vai..mas a catolica vai pra contruçao da igreja....

    bom falar de religiao é confrontar com varias pessoas casod e brigas mesmo...mas é a realidade..

    abraços

    18 de janeiro de 2009 11:04
  14. Índia said...

    Quando morava em Manaus, vi muito dessas coisas. Infelizmente muita gente se deixa iludir por esses miseraveis.

    Beijao.

    18 de janeiro de 2009 11:20
  15. Marcella Castro said...

    Muito bom o seu texto e concordo em relação a esse tipo de religião em que prega um Deus comercial, usa da crença das pessoas para ganhar dinheiro em cima disso. Isso é extremamente ridículo e sinto pena dessas pessoas pobres que acreditam fielmente nisso e ainda dão uma parte de seu dinheiro para a Igreja!
    Quanto a religião deixar de existir, tenho minhas dúvidas. Sim, pois muitas pessoas precisam acreditar em algo para viver.
    Eu, fui batizada no Catolicismo, mas não acredito no que tal religião prega, sou contra muitas coisas e acho que eu não preciso frequentar a igreja para ter minha religião particular e acreditar em Deus. Sim, pois eu sei que tem pessoas que não acreditam. Eu acredito, mas a religião na qual me identifico é o espiritismo e desde que começei a me identificar com a mesma pude entender melhor algumas injustiças que vemos por aí, ou pelo menos, acredito que seja dessa forma. Posso estar errada. Pode ser que o espiritismo esteja errado. Que não exista vida após a morte e sejamos meros seres mortais que irão apodrecer em baixo da terra e pronto. Sim, pode ser que seja realmente assim. Mas confesso que seria uma teoria muito triste e prefiro continuar com a minha fé em Deus e no espiritismo. Lógico, que nem por isso sou o tipo de religiosa cega para o mundo, cega para novas idéias. Estou pronta para ouvir e respeitar a religião de cada um. Só peço que as pessoas façam o mesmo. E infelizmente não é assim. Não vejo espíritos, nem quero ver rsrs, mas isso não significa que eu não acredite rsrs...mas algumas pessoas da minha família tem essas visões de vez em quando. E sabe qual é a teoria dos evangelicos dessas igrejinhas que exploram os pobres? Que pessoas que vêem espiritos são o diabo, este se apodera dessas pessoas, são pessoas perdidas na vida! Noossa, que medo heim? rsrs
    Bom, se for assim, minha mãe seria uma coisa monstruosa dessas e tenho certeza que não é! rsrsrs
    Enfim, escrevi muuuito, mas é pq esse assunto gera muita polêmica e fico indignada com a atitude dessas igrejas comerciais.
    Sim, obrigada pelo comentário no meu blog! Você participa de um blog sobre blues né? Adoro esse estilo musical, vou dar uma passada por lá de vez em quando!
    Beijos!

    18 de janeiro de 2009 16:44