LEMBRO-ME

Posted by : DANIEL MORAES | 07 outubro, 2008 | Published in

Lembro-me...
De quando a conheci;
Cabelos longos e lisos,
Olhos de um castanho escuro lindo...
Boca carnuda de um convite irresistível,
Anca farta, de curvas perigosas,
Um convite à tentação!

Lembro-me do teu jeito,
Menina / mulher...
Que toma banho de chuva,
Deixando-se levar pelo impulso do momento,
Mostrando-me que a vida tá aí pra ser vivida,
E que cada momento possui a infinidade de uma quimera...

Lembro-me do nosso amor...
Gosto de fruta proibida,
Olhares de uma cumplicidade infinda,
Fé em nós e um desejo que não cabia em si!

Lembro de nossas noites,
Tão calientes! (...)
Teu corpo perfeito,
Minhas mãos que o percorriam numa destreza sem igual! (...)
Teus gemidos que quebravam o silêncio da noite,
Meu corpo que te adentrava,
Devorando,
Procurando,
Proporcionando-te a tua dor mais íntima,
Se abandonando ao prazer mais avassalador do teu Ser...

Lembro de nós dois...
E que um dia fui feliz! (...)

NO VÍDEO: Ed Mota e Marisa Monte – Ainda Lembro

(12) Comments

  1. Rívea said...

    Daniel,

    é justamente ao contrário - metáforas!

    Doçura e paixão. Ótimo texto. Ando exercitando minha poetisa fingidora também - risos!

    Boa semana a Você também.
    Beijo.

    7 de outubro de 2008 23:22
  2. Lility said...

    O vinho mais amargo é aquele que deixa a lembrança mais doce...Muito bom poder brinda-lo...rs
    Eu estou modificando meu blog, e já coloquei tanto o arroto quanto o só pensando nele
    bjus

    8 de outubro de 2008 08:16
  3. Anônimo

    Ainda lembro o que passou...!
    Que post lindo!
    Essa música é linda!
    Beijos
    http://sex-appeal.zip.net

    8 de outubro de 2008 08:26
  4. Bruna said...

    Que lindo!
    quem será a musa dessa tua inspiração?
    hehhehee
    beijos!

    8 de outubro de 2008 11:17
  5. Valéria de Oliveira said...

    (: Que lindo. Adorooooooo estas escritas. Muito bom.

    Adoro esta música. (:

    8 de outubro de 2008 16:42
  6. lugirão said...

    Daniel, inspirado.

    Adoro a música Ainda lembro, veja esse video.
    http://br.youtube.com/watch?v=lcK_58Bk0H4,

    beijos

    8 de outubro de 2008 16:43
  7. lugirão said...

    Daniel esquece o endereço, saiu alguma coisa errado, trapalhadas de lugirão,rs, bjos

    8 de outubro de 2008 16:46
  8. Lih said...

    posso falar?
    meu, tua escrita melhorou muito, dani.
    parabéns.
    :*

    8 de outubro de 2008 16:52
  9. Leticia said...

    Concordo que vc anda inspiro e que sua escrita melhorou , esse é bom de ir se acompanhando , notamos as evoluções.

    Bjks.

    8 de outubro de 2008 18:00
  10. Anônimo

    ÊÊÊE, bagaceira...hehehe. como diz a música, "saudade, alguma coisa quando se perde um grande amorrrrr".

    Inté!

    www.edgarb.blogspot.com

    8 de outubro de 2008 18:15
  11. Anônimo

    ÊÊÊE, bagaceira...hehehe. como diz a música, "saudade, alguma coisa quando se perde um grande amorrrrr".

    Inté!

    www.edgarb.blogspot.com

    8 de outubro de 2008 18:16
  12. Anônimo

    Certas pessoas entram em nosso eu transformando nossa imensidão em um caminho que só existe quanto ela caminha...e por ela caminhar o tempo todo em nossa emoção este vinculo sempre é vivo.
    Ana Cárita

    15 de outubro de 2008 09:29