O HERÓI

Posted by : DANIEL MORAES | 01 junho, 2008 | Published in

PSICROESTESIA: Estado em que uma parte do corpo dá impressão de estar fria, embora esteja quente.

A TV aberta brasileira é uma porcaria. Você cansa de zapear e nada de interessante há para ser assistido. Mais volta e meia, meia volta, aparecem alguns quadros em determinados programas que “dignificam” a grande de programas das emissoras. É o caso do Soletrando, o concurso de soletração do programa Caldeirão do Ruck.


Eder Coimbra, campeão do soletrando é o meu herói! Por quê? Simples! É a superação e a conquista do verdadeiro povo brasileiro. Mas vamos por parte, como diria o Jack.


Quando a competição começou, obviamente que estava torcendo pela indiazinha de Paracaraima, a represente de Roraima no jogo. Após a sua eliminação, comecei a torcer pelo Eder. Impressionava-me a sua segurança, calma e concentração. Mas mais que isso, o que fez com que eu torcesse para que ele ganhasse foi a sua história de vida.


Oriundo dos locais mais paupérrimos de Minas Gerais e do Brasil, ele veio representar a sua gente. Aquele povo sofrido, que não vive, mas sim, sobrevive. E foi claro quanto a isso! A responsabilidade de ser o porta-voz dos grotões de Minas, que no final das contas, representou todos os grotões desse Brasil a fora.


Ele e sua família. A mãe, sempre chorando... Talvez, ao ver o filho, que já era um vencedor antes de iniciar a competição, haja vista que ele era o representante de seu Estado, vencendo a eliminatória regional – acho que passava na cabeça daquela mulher, todas as dificuldades e provações que toda a família passou. Sobrevivendo com o Bolsa esmola do governo federal e os bicos do marido, perfazendo uma renda mensal de R$ 200,00 para seis pessoas.


A sua família é a família de 65% do povo desse País. Grande parte vive com no máximo dois salários mínimos. Mas ele me lembrou alguém em que eu confiei... Um cidadão que hoje governa esse país; que seria o verdadeiro e legítimo representante do povo; que viajou num pau-de-arara uma semana com as mesmas vestimentas; que agüentou a ignorância de um pai rude, que comprava sorvete para ele e não oferecia aos filhos; que foi metalúrgico e liderou sua gente na maior greve de classes que esse Brasil já teve; que lutou pelas Diretas e foi Deputado Constituinte e que perdeu três eleições até se tornar o Supremo Mandatário desse País, e que sempre dizia: “a esperança venceu o medo” – e que jogou uma biografia maravilhosa no lixo, aparelhando o Estado Brasileiro de "cumpanheiros", quase todos desqualificados para os cargos, sendo o verdadeiro macaco chinês que nada vê, nada sabe, nada ouve, deixando que o PT , até então, a bandeira da ética, da moral, da luta de classes, do progresso, se igualar a PSDB, PTB, PSB e os Putas que Pariu a fora, formando uma verdadeira quadrilha de ladrões, capitaneamos por Dirceu e CIA LTDA, achacando os cofres públicos através dos Valeriodutos para pagar a base aliada, afim de garantir a eleição do mesmo em 2010 e o sonho pífio de 20 anos no poder.

O Presidente desse Basil, que fez do Bolsa Família seu sustentáculo de reeleição, enganando 56 milhões de brasileiros, como a mãe de Eder. Representante dessa gente sofrida, que só servem pra fazer parte das estatísticas dos Governos.


Esse menino tem a possibilidade de se formar, de ser um Doutor, de ser à exceção da regra. Não será um peão ou um Office Boy; ou nos casos mais graves, não fará parte do crime organizado, assaltando, matando ou vendendo drogas.


Sim... Esse é o Brasil, não o Basil Senhor Presidente! O Brasil do poder paralelo nos morros das grandes cidades; de Beira Mar e Marcola, que comandam seus “negócios” de dentro da cadeia. Que muitas vezes, bancam às vezes de Estado, comprando remédios, bancando estudos para os moradores das favelas (claro que sempre com segundas intenções).


O Brasil do monstro da desigualdade social. O rico está cada vez mais rico e o pobre miserável!


O Brasil da alienação popular – do BBB que faz a Globo pagar as dívidas, programando o povo a discutir quem fica e quem saí da casa, deixando as verdadeiras discussões de lado.


O Brasil da Raposa Serra do Sol e a internacionalização da Amazônia batendo a porta; dos índios abandonados e renegados a própria sorte, que não possuem uma política de fomento indígena.


O Brasil, não o Basil... Do mulato, do branco, do negro, com diplomas universitários e sendo Garis; do jovem que não tem como trabalhar por causa do bendito primeiro emprego; do pai que joga a filha janela abaixo; do menino que é arrastado bairro-a-fora; da filha que mata os pais por causa da fortuna; da exploração da mídia da dor alheia; da corrupção no legislativo e executivo; do judiciário lento; dos meninos de rua; da prostituição infantil; dos flagelados, e de tantos problemas que simplesmente fazemos que não estamos vendo e vivenciando tudo isso.

Lula é a constatação de que é preciso diploma superior sim! Que uma assessoria tem de ser qualificada sim! Que não dá pra relaxar e gozar com tamanha bagunça.


O Programa Soletrando nos faz vê que não damos à verdadeira atenção a educação. Mostra-nos a ignorância, nossa soberba, nossa boçalidade, trancados em nossos mundos cor-de-rosa, ignorando a realidade verdadeira – os grotões, favelas, pobres e flagelados que pedem esmola, um prato de comida, uma oportunidade de emprego e que enxotamos feitos cachorros pirentos. E mais, é a constatação óbvia e inequívoca de que O MAIOR E MELHOR PROGRAMA SOCIAL SE CHAMA EDUCAÇÃO.


O Poder Público tem que melhor pagar o professores. Dar toda a infra-estrutura necessária para que a Educação esteja em 1º lugar nas ações dos governantes.
Que Deus dê à mãe a ao pai desse garoto, o discernimento necessário pra gerir os R$ 100.000,00.


Eder... O meu herói! Sim, pois hoje já não temos mais exemplos a seguir. Não há quem agente olhe e diga, “eu quero ser ele”; um garoto e sua vida... Um garoto e uma palavra... Um garoto e um programa... Um garoto e a sua família... A família e sua história... E uma nova história que se iniciou com a palavra PSICROESTESIA.


A Terra tá soterrada de violência de guerra, de sofrimento, de desespero a gente tá vendo tudo, tá vendo a gente tá vendo, no nosso espelho, na nossa frente tá vendo, na nossa frente, aberração tá vendo, tá sendo visto, querendo ou não tá vendo, no fim do túnel, escuridão tá vendo no fim do túnel escuridão tá vendo a nossa morte anunciada tá vendo a nossa vida valendo nada tô vendo, chovendo sangue no meu jardim tá lindo o sol caindo, que nem granada tá vindo um carro-bomba na contramão tá vindo um carro-bomba na contramão, tá vindo um carro-bomba na contramão,tá vindo o suicida na direção.


"É preciso amar as pessoas como se não houvesse amanhã
porque se você parar pra pensar a verdade não há"

A bomba tá explodindo na nossa mão o medo tá estampado na nossa cara o erro tá confirmado, tá tudo errado o jogo dos sete erros, que nunca pára 7, 8, 9, 10... cem erros meus, erros seus e de Deus também estupidez, um erro simplório a bola da vez, enterro, velório perda total, por todos os lados do banco do ônibus ao carro importado teu filho morreu? meu filho também morreu assaltando, morreu assaltado tristeza, saudade, por todos os lados tortura covarde, humilha e destrói eu vejo um Bin Laden em cada favela herói da miséria, vilão exemplar tortura covarde, por todos os lados tristeza, saudade, humilha e destrói as balas invadem a minha janela eu tava dormindo, tentando sonhar.

"É preciso amar as pessoas como se não houvesse amanhã
porque se você parar pra pensar a verdade não há"

Sou um grão de areia no olho do furacão em meio a milhões de grãos
cada um na sua busca, cada bússola num coração cada um lê de uma forma o mesmo ponto de interrogação nem sempre se pode ter fé quando o chão desaparece embaixo do seu pé acreditando na chance de ser feliz eterna cicatriz eterno aprendiz das escolhas que fiz sem amor, eu nada seria ainda que eu falasse a língua de todas as etnias de todas as falanges, e facções ainda que eu gritasse o grito de todas as Legiões palavras repetidas mas quais são as palavras que eu mais quero repetir na vida? Felicidade, Paz, é...
Felicidade, Paz, Sorte nem sempre se pode ter Fé, mas nem sempre a fraqueza que se sente quer dizer que a gente não é forte.


(Palavras Repetidas – Gabriel o Pensador).

EXTRA:

Tem Queen lá no Blues na Veia. Também tem uma enquête entre Kid Abelha e Rádio Táxi.

Dividindo a liderança com o Cruzeiro. Foi na bacia das almas, mas o MENGÃO venceu de novo!

Boa semana a todos.

(10) Comments

  1. Júlio

    É isso aí Daniel, excelente texto.

    Mas deixando a política de lado, por eu ter talvez um ponto de vista diferente do seu, Eder está de parabéns, mereceu a vitória.

    A tv é assim, as vezes nos surpreende positivamente.

    Eu como futuro educador acredito (tomara não ser utopia) ser possível mudar o Brasil atraves da educação, no primeiro turno votei no Cristovão Buarque, por acreditar nisso.

    Eder representou o "nosso" Brasil.

    1 de junho de 2008 22:06
  2. Iara Alencar said...

    oi daiel, soletrando??
    assiti duas vezes, achei chato demais, sem graça e se aproveita de pobreza, detesto esses quadros em quese mostra um pobre coitado tentando ganhar a vida. nao curto isso, questão de gosto.

    pelo jeito nao deu conta do haloscan não é??

    1 de junho de 2008 22:44
  3. Mirian Martin

    É... é o seguinte: vou tentar ler mais tarde. Vou ter que achar o meu óculos. rssss
    Letras pequenas demais.
    Beijinhos e boa semana!

    2 de junho de 2008 05:26
  4. Beatriz Cordeiro said...

    Ok, não importa o quão bom tenha sido o Soletrando, eu continuo odiando a TV e a Globo.
    E odeio os programinhas de ajuda assistencialista que ela promove para todo mundo ver o quanto ela é boa com os pobres, ter ibope e ganhar cada vez mais dinheiro.

    E sim, eu concordo. Educação seria perfeito (no mundo da utopia, onde todos pudessem ter acesso gratuito a uma escola de qualidade, que preparasse os alunos não só para passar de ano ou em algum vestibular, mas também para a vida ;])

    Beijos

    2 de junho de 2008 14:34
  5. Camilla Boyle said...

    Daniel, conhecimento foi feito para ser partilhado xD

    Pegue a frase à vontade.

    Gostei do novo look do blog, mas agora estou terminando um trabalho e assim que tiver tempo vou ler direito e comentar ^^

    Beijos e boa semana

    2 de junho de 2008 18:29
  6. vida linda

    Daniel! Agora o seu há tempos eu procurava o seu blog e não sabia o porque eu não o achava!!
    Agora posso voltar a ser a sua leitora cativa!!
    Os nomes dos nossos blogs são até parecidos!!
    O negócio é pensar!

    3 de junho de 2008 16:12
  7. vida linda

    è alguma coisa de boa a tv brasileira tem a mostrar são raros os progamas mas dá p/ encontrar alguns.
    E eu espero que este garoto continue sendo um exemplo mesmo com o passar da idade e dos subornos (prováveis), e não um exemplo do que se acha certo como vários exemplos conhecidos e o qu enão chegam a imprensa

    3 de junho de 2008 16:16
  8. Mr. Jairo Souza said...

    Não importa qnt dinheiro ganha, daonde você é, ou como vive, se tiver força de vontade todos nós consguimos! Por isso vamos plantar o bichinho do conhecimento em cada criança e jovem, pois a necessidade de conhecer o desconhecido é que nos move a sermos pessoas melhores!

    mt boa a nova arrumação do blog!
    abraços!

    3 de junho de 2008 17:51
  9. Poisongirl said...

    Ai detesto tv.
    De qualquer jeito...

    Mas adoro ver a veia do Arroto pulsando por aqui.

    3 de junho de 2008 20:26
  10. Mirian Martin

    Menino, enquanto eu não for ao oftalmo dar um jeito (eu achei o meu óculo, mas é impossível usá-lo!), eu não vou conseguir ler os post, só os comentários (o que já é graaaaande coisa!).

    5 de junho de 2008 05:23