Meu final de semana

Posted by : Bahasi | 08 junho, 2008 | Published in




Como foi o meu final de semana. Deu vontade de fazer assim. Só isso. Como no tempo de escola, “Como foram suas férias de verão?”.

Sexta-feira

Trabalho não queria acabar e eu queria me acabar, vomitar, correr, gritar, hibernar, cantar, dançar, dormir...

Acabou, enfim. Aí veio a boa do dia: Vera. Massagem. Relaxamento. Adeus dor de cabeça, dor nas costas, dores musculares... Tchau!

Logo após Vera, Padaria. Padaria que vem todos os dias depois da terapia de massagem. Compro uma Líber 100% no alcohol. Pavor de encontrar aquele bendito cujo ex que mora naquele quarteirão e que vive naquela padaria. Mas não. Nunca. Mas o aperto pós-massagem é muito legal. Dá até uma onda...

Chego em casa como que em tele transporte (by Guido). Deu tempo só de tomar minha Líber aliviada pelo não encontro.

Casa. Configuro o notebook de mi madre por longo tempo sem sucesso. Ela desiste. Eu desisto.

E me dou o direito do melhor banho de todos os séculos! Tenho feito isso com freqüência. Cara, como eu mereço!

Sono. Bom. Bom sentir sono, não?

Sábado-feira

Acordo cedo. Sete e meia minha avó em puro desespero porque o DOUTOR IVAN vai chegar a qualquer momento! Ele marcou as nove...

Arrumo a véia (aqui em casa é apelido carinhoso). Arrumo o quarto da véia, dou banho na véia, dou café da manhã pra véia. Chega a Simone. Que bom. Deixo a véia com ela e... BAM! Dr. Ivan chegou as nove em ponto. Choveu canivetes neste dia.

A véia chora e ele receita um antidepressivo.

Vamos correr. Meu pequeno e eu. Corremos, brincamos, conversamos, nos curtimos. Delícia!

Corremos para a Araújo, corremos para todas as lojas próximas. Comprei um sapato, batemos ‘o maior lero’ com várias vendedoras de várias lojas, compramos roupas para o pequeno, pesamos na balança (30 e 56,4), discutimos e concluímos que, sem roupa, pesaríamos uns dois quilos a menos. Ponto pra mim e pra ele... Normal.

Casa. Almoço. Couve. Tem que comer, moleque. Comeu.

Visita de Ariel Sharon!!! Coisa boa. Amiga que me mandou uma mensagem agradecendo a tarde com o Diego e à reposição de energias que lhe proporcionou. Coisa boa. Sempre ás ordens. O garoto tem energia pra uns três adultos. Só plugar.

Ela ficou com ele e eu fui ao salão de beleza, como é de costume das mulheres... Aff!

Casa. Vamos à Expocachaça, Diego? Ãh... Talvez. Será?

Um amigo liga e diz “e aí?”, “o que estão aprontando?”. Pronto. Amigo, Expocachaça. Tomei água de coco, andamos, pegamos uns balões idiotas num estande e voltamos pra casa. Não, amigo, não vou sair, não. Pode ir que mereço dormir cedo hoje.

O filme de adolescente acaba depois que eu dormi.

Domingo-feira

“Carolina, faz as compras pra mim?!”, como se fosse optativa, a resposta... Vai Carolina ás compras. Biscoito, frutas, leite, pão integral, etc. Isso é muito chato.

Almoço muito, muito pouco, como de costume. Vivo da luz.

Vamos correr? “Pregui”, ele responde. A Débora vai levar a Luara e o Augusto. Ele vai ser o Paparazzo e vai tirar umas fotos e... “Tô pronto. Vamos.”.

Corremos e tiramos fotos. E nos divertimos. Esporte, criança, gente, correr cantando e liberando os males e um paparazzo registrando... Beleza maior.

Depois, já noitinha: sorvete para as crianças (Augusto, 14, faz parte do grupo, apesar de cuidar dos outros dois) e cervejinha para os adultos. Bom. Uma cervejinha e pronto. Casa.

Coragem, ânimo pra escrever el grand finale:

A caminho da sorveteria:

- Diego, pára de falar, menino! – ah quem diga que eu falo muito. Não conhecem meu filho...
- Ah, mãe...
- Já sei! – ênfase na psicopedagogia avançada que vem a seguir – Quem ficar dez minutos sem falar ‘um pio’ ganha R$ 2,00!
...
Ele responde:
- Manhê! Você não compra o meu silêncio... – e cara de deboche.

Estou calada até agora e ele falou até cair no sono.

Um final de semana e tanto. Assim foi o meu. Como as férias de verão.
Postado por: Carol Bahasi.

(6) Comments

  1. Daniel

    Final de semana bem interessante esse seu. O do teu filho dizer que vc não compra o silêncio dele foi D+. Bjus.

    P.S: Avisando a galera que o texto que escrevi ali de baixo é inédito.

    8 de junho de 2008 21:41
  2. Iara Alencar said...

    uai daniel???
    é voce??

    Como assim o ex??

    8 de junho de 2008 23:53
  3. Daniel

    Iara: É a Carol. Olha foto dela! Tá me estranhando é? rsrsrs

    9 de junho de 2008 09:16
  4. Iara Alencar said...

    ai meu jesus, voces precisam colocar o nome debaixo d texto auauauauuauauau

    querido, quer uma dica pra turbinar o visual??

    eu nao to dando conta de ver as letras

    9 de junho de 2008 09:29
  5. Carol Bahasi said...

    Foi mal, galera. Esqueci do nome...

    9 de junho de 2008 19:40
  6. Iara Alencar said...

    kakakakkaka
    nada como um "foi mal" feminino rsrsrs..

    criança é fogo!! desde pequena ja sabe driblar os adultos, acho que estou ficando velha...

    9 de junho de 2008 22:32