NÓS

Posted by : DANIEL MORAES | 02 maio, 2008 | Published in

Eu e tu: a existência repartida por duas almas;
duas almas numa Só existência.
Tu e eu: a vida de duas vidas que uma só resuma.

Vida de dois, em cada um vivida,
Vida de um só vivida em dois; em suma:
A essência unida à essência, sem que alguma
Perca o ser una, sendo à outra unida.

Duplo egoísmo altruísta, a cujo enleio
No próprio coração cada qual sente
A chama que em si nutre o incêndio alheio.
O mistério do amor onipotente,
Que eternamente eu viva no teu seio,
E vivas no meu eternamente.


(A Hilda ten Brink).


(4) Comments

  1. Leticia said...

    Daniel que lindo!
    Mesmo.

    Seria a união perfeita:"A essência unida à essência, sem que alguma
    Perca o ser una, sendo à outra unida."

    Bjks e muitas saudades.

    3 de maio de 2008 17:07
  2. Mirian Martin

    Lindíssimo!!!(e tão difícil...)

    4 de maio de 2008 06:12
  3. Júlio

    Não sei o que comentar...

    4 de maio de 2008 09:25
  4. Camilla Boyle said...

    Concordo com a Mirian. É lindissimo, mas ao mesmo tempo
    é tao dificil fazer de tudo para que essa coexistencia seja pacifica...

    Beijos e boa semana =)

    6 de maio de 2008 18:41